O guia da yoga para iniciantes!

Yoga é a prática perfeita para quem precisa daquela ajudinha para manter tudo no lugar, principalmente mente e corpo. Nessa MAG, vamos te contar tudo o que você precisa saber para começar a fazer yoga. Vem ver!

Adicione 1 xícara e meia de quarentena, uma pitada de futuro incerto e home office à gosto em uma rotina e você tem a receita perfeita para o desequilíbrio. Tanto da mente, quanto do corpo, né? 

Como diria Coldplay, “nobody say it was easy” (ninguém disse que seria fácil, em português) e, por isso, a busca por atividades que nos ajudem a desestressar e que tragam mais equilíbrio para a nossa rotina se tornou essencial nesse momento em que estamos. 

Sejam atividades físicas, como malhar, correr e andar de bike. Ou atividades que trabalham a mente, como meditar e escrever em diários. 

 

Mas... 

E se disséssemos que você poderia ter o melhor dos dois mundos? 

 

Para quem busca esse equilíbrio entre mente e corpo, a yoga é um sonho se tornando realidade. Ficando ainda mais popular durante a pandemia, essa prática visa trabalhar tanto o físico quanto o mental, trazendo harmonia e leveza para esses dois aspectos. E agora que as aulas e conteúdos online estão se tornando uma tendência, inserir a yoga na rotina nunca foi tão fácil. Basta um dispositivo com acesso a internet, uma roupa confortável e um tapetinho para começar. 

 

Ficou surpresa de que não precisa ser super flexível ou ter um corpo condicionado? Pois é, yoga não se resume a posturas complicadas. Ela pode ser assim: 

(Reprodução: Pinterest) 

 

E assim: 

(Reprodução: Pinterest) 

A menos que você queira evoluir para a postura da primeira foto, sua prática de yoga pode ser como esta da segunda foto e continuar sendo muito eficaz e de qualidade. 

 

Se já amou yoga e quer colocá-la em sua rotina agorinha mesmo, vem com a gente que nessa MAG vamos contar tudo o que você precisa saber antes de começar essa prática incrível de autocuidado. 

 

O QUE É A YOGA E QUAIS SÃO SEUS OBJETIVOS PRINCIPAIS 

(Reprodução: Pinterest) 

A yoga é uma prática que veio da cultura indiana que, em tradução livre da palavra, significa união. Ela nasceu a mais de 5 mil anos atrás e tem como foco a estabilidade da mente e do corpo, integrando-as. Trabalhando com esses dois aspectos interligados, uma yoga eficaz proporciona uma maior consciência corporal e melhor controle da mente para que ela influencie o corpo, resultando em um organismo que trabalha de forma harmônica e equilibrada. Indo além, yoga é para trazer sua atenção para dentro e tirar seu foco dos estímulos externos por um momento. Quase um detox! 

 

Entre seus objetivos principais, destacamos: 

  • Diminuição do estresse e ansiedade;

  • Promove consciência corporal; 

  • Melhora o condicionamento físico;

  • Ajuda no emagrecimento;

  • Alivia dores corporais;

  • Melhora o sono;

  • Ajuda na concentração e criatividade;

  • Controla batimentos cardíacos e pressão arterial;

  • E pode alinhar sua postura!

 

Tudo, né?

 

TIPOS DE YOGA: FLUXOS 

Nos aprofundando ainda mais, dentro da yoga existem vários fluxos criados para atingir objetivos um pouco mais específicos e que podem ser mais focados em força, equilíbrio ou flexibilidade. Essas inclinações geralmente aparecem na maneira de realizar a prática, através das posturas e respirações. Os principais fluxos (ou tipos, como preferir, rs) são: 

 

HATHA

(Reprodução: Pinterest) 

O Hatha é um dos tipos mais populares por ser considerado o yoga clássico. Aqui a prática é focada em condicionamento físico, flexibilidade e fortalecimento do corpo em posturas menos intensas. Ela é uma boa opção para quem quer começar e conhecer melhor a yoga em geral. 

 

VINYASA

(Reprodução: Pinterest) 

O Vinyasa é derivado do Hatha, mas praticado em um fluxo mais gracioso e contínuo. A execução das posturas é sincronizada com a respiração e seguindo uma sequência que se complementam, sem muitas pausas. Quase como uma dança!

Esse fluxo garante mais consciência corporal, redução do estresse e maior equilíbrio entre corpo e mente. 


ASHTANGA

(Reprodução: Pinterest) 

O Ashtanga também é um fluxo que surgiu a partir do Hatha e consiste na execução de uma sequência fixa de posturas, separadas em 6 séries que são avançadas conforme a evolução do praticante. O Ashtanga é bem dinâmico, intenso e estimulante, e foca em benefícios como o ganho de força, flexibilidade e equilíbrio. 

 

YIN

(Reprodução: Pinterest) 

Já o Yin é um fluxo mais lento da yoga em que você passa bastante tempo na mesma postura com o objetivo de trabalhar ligamentos, articulações e ossos enquanto observa a mente e o corpo. Aqui é mais sobre sentir do que fazer, sabe? 

O Yin pode ajudar na flexibilidade, na consciência corporal e na respiração. 


RESTAURATIVO

(Reprodução: Pinterest) 

Para finalizar, o yoga restaurativo é focado em posturas de relaxamento e de grande permanência, assim como no Yin. Com o objetivo de reduzir o estresse e a ansiedade, as práticas restaurativas prezam muito pelo conforto e podem incluir alguns acessórios, mas nada obrigatório.

 

Esses fluxos ainda podem se misturar e trazer uma nova maneira de praticar, como a fusão do Hatha e Vinyasa, formando o Hatha Vinyasa Yoga. Não se assuste ao encontrar essas combinações! 

 

PARA VOCÊ QUE QUER COMEÇAR


(Reprodução: Pinterest) 

Para você que já está determinada a começar a praticar a yoga, aqui vão nossas melhores dicas. 

Antes de tudo, escolha qual fluxo faz mais sentido para você nesse momento. Dá uma olhada com carinho nesses que listamos aqui em cima e veja qual está mais alinhado com seus objetivos na prática. 

Na hora de começar, saiba que a chave para a prática da yoga é a respiração. Ela energiza e oxigena o corpo, podendo até envolver algumas técnicas mais específicas. Neste momento também é importante saber seus limites e o do seu corpo. Desapegue um pouco dos resultados, com o tempo você chegará lá! 

Depois que já começar, tenha em mente que essa prática, além de ajudar no condicionamento físico, é para reduzir o estresse e a ansiedade. Portanto, não se julgue! Não fique triste porque não conseguiu fazer a postura igual ao professor ou a pessoa do lado. Se esforce, mas sem forçar. Adapte a técnica para que ela flua melhor com você. 

Ao gerar cobranças por resultados, alimentamos o estresse e a ansiedade em um momento criado justamente para diminuí-los. Não importa se você está fazendo a postura mais difícil, tá?

 

POSTURAS LEGAIS PARA MOMENTOS ESPECÍFICOS 

Você sabia que ainda existem algumas posturas que podem ajudar muito em alguns momentos mais específicos da vida? Pois é! 

Sabe quando você está com aquela cólica chata? Posturas como a da criança ou cachorro olhando para baixo podem ajudar. 


(Reprodução: Pinterest) 

Tradução: Yoga para cólicas. Em sentido horário - Deusa Reclinada, Pernas para cima em uma parede, Postura da Criança, Cachorro Olhando para baixo, Camelo, Postura do Arco. 

 

Ou quando estamos com aquela preguicinha na hora de acordar...


(Reprodução: Pinterest) 

Tradução: Fluxo de Yoga para manhãs. 5 minutos para meditar, 20 segundos na postura da criança, 20 segundos na postura da vaca e do gato, 20 segundos em cachorro olhando para baixo, 20 segundos para cachorro olhando para baixo com a perna elevada, 20 segundos para guerreiro 1, 20 segundos para guerreiro 2, 20 segundos na prancha e 20 segundos em cachorro olhando para baixo. 

 

Ou quando temos dificuldade para desacelerar na hora de dormir…


(Reprodução: Pinterest) 

Tradução: Para um sono melhor. 20 segundos na postura do heroi, 20 segundos na postura da criança, 20 segundos em cachorro olhando para cima, 20 segundos na postura do camelo, 20 segundos em borboleta deitada, 20 segundos em torção deitada, 20 segundos em ponte, 20 segundos com joelhos abraçados no peito, 20 segundos na postura do cadáver ou savasana. 

 

E pode ajudar mais ainda as futuras mamães, viu? 

(Reprodução: Pinterest) 


GLOSSÁRIO: O QUE ESSAS PALAVRAS SIGNIFICAM?

 

(Reprodução: Pinterest) 

No universo da yoga, muitas vezes ouvimos algumas palavras meio esquisitas. Isso acontece porque muitas coisas são chamadas por seus nomes em sânscrito. 

Para te deixar ainda mais por dentro da yoga, aqui estão algumas palavras ou frases e seus significados dentro desse universo: 

Asanas - Posturas da yoga

Pranayamas - Respirações ou controle de respiração

Namaste - Uma saudação ou expressão de gratidão

Bandha - Contração muscular em áreas estratégicas do corpo

Yogi - Você, que pratica yoga

Chakras - Centro de energia do corpo

Mantra - Palavras ou sons para promover o foco 

Savasana - Postura final de relaxamento (que é tudo <3)

Tadasana - Postura da árvore 

 

Demais, né? Conta o que achou dessa introdução a yoga e, quem já começou, queremos saber como está sendo a experiência! Fala tudo aqui nos comentários que estaremos de olho… ;)

 


Artigos Relacionados:

Artigo não encontrado!