5 dicas para acabar com o ressecamento das mãos

Com a pandemia de Covid-19, nunca demos tanta atenção à higienização das mãos. O álcool em gel, o sabonete, e, agora com a chegada do Outono, as baixas temperaturas e os banhos quentes podem deixar as mãos ressecadas, ásperas e até causar dermatites!

A pele das nossas mãos é fininha e tem poucas glândulas sebáceas, ou seja, produz menos oleosidade que outras partes do corpo e, por isso, é mais propensa ao ressecamento. Além disso, agora estamos usando mais sabonete, álcool em gel e outros antissépticos do que nunca! Se já podíamos notar uma sensação de pele mais seca após lavar a louça, por exemplo, agora essa sensação se estende por mais momentos do dia a dia. 


No entanto, esse ressecamento é facilmente prevenido ou revertidoVocê pode e deve conciliar a prevenção à Covid-19 e manter as mãos sempre hidratadas e com toque macio! Para te ajudar nessa tarefa, preparamos 5 dicas de cuidados com as mãos! 

1. Prefira o sabonete ao álcool em gel

 
Tanto o sabonete quanto o álcool em gel reduzem a barreira cutânea da pele, ou seja, acabam reduzindo a proteção natural da pele contra a perda da hidratação. No entanto, o sabonete é tão eficaz quanto o álcool em gel no combate aos vírus e menos agressivo à essa camada de proteção cutânea!

Então, se você tiver acesso a água e sabonete, prefira essa opção e deixe para usar o álcool em gel quando não puder lavar as mãos, como no transporte público.   

2. Hidrate as mãos logo após lavar ou usar álcool em gel

 
Como falamos no item anterior, o sabonete e o álcool em gel diminuem a camada natural de proteção à pele. Então sempre que você higienizar as mãos, aplique um creme para as mãos em seguida!
No caso do álcool em gel, espere as mãos secarem antes de usar o creme.

Uma boa ideia é ter um creme para as mãos em casa e um na bolsa ou no trabalho. Assim, você não esquece de hidratar as mãos durante o seu expediente nem antes de dormir! 

3. Escolha um hidratante com bons ingredientes

 

Use um creme com ativos que hidratam profundamente e tenham rápida absorção, como a ureia e a glicerina.

creme para mãos da Abalô possui, além da textura suave e aveludada, os dois ingredientes e o gérmen de trigo, combinação eficaz em fazer com que a pele retenha melhor a umidade natural e ainda proporcionar uma sensação de pele mais lisa.

A ureia é um ingrediente poderoso para as mãos porque além de repor a água perdida, ela também forma uma película protetora sobre a pele e, assim, previne o ressecamento

4. Use luvas para a hora da faxina

 

Alguns produtos de limpeza podem ser bastante agressivos com a pele delicada das mãos. Vale a pena investir em alguns pares de luvas de borracha, vinílicas ou, se você não tiver alergia, de látex. As vinilícas e de látex são facilmente em farmácias, já as de borracha são aquelas de faxina que já conhecemos, dos mercados. 
 
Reprodução: Marco Verch | Flickr

Essa dica vale para uma limpeza mais pesada, com água sanitária, por exemplo, até algumas tarefas que tendemos a achar menos pesadas, como lavar a louça. Isso porque o detergente leva em sua composição muito mais sulfato que um sabonete líquido e, por isso, resseca as mãos muito mais do que lavar as mãos. 


5. Hidratação plus!

Após o banho e antes de dormir, use novamente o hidratante. Vale também usar uma luvinha plástica com bastante produto para fazer uma hidratação mais potente.
Reprodução: Freepik

Outra boa ideia é toda vez que usar um creme no rosto ou um sérum, aproveite o excesso e passe nas mãos também!

Essas foram as dicas de hoje para prevenir aquela sensação de aspereza nas mãos! Se você curtiu a sugestão de creme com ureia da Abalô, confira a linha completa com produtinhos mara para cabelos, rosto e tudo que você tem direito! 

Artigos Relacionados: