O que é o ácido hialurônico, para que serve e como usar?

Você já deve ter visto diversos produtos para a pele e também para o cabelo com ácido hialurônico nas suas formulações. Embora seja bastante conhecido, o nome ainda suscita muitas dúvidas sobre as suas formas de uso e a segurança por ser um ácido. Entenda todos os benefícios desse ingrediente e como usar!

1. O que é o ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é um componente responsável pelo preenchimento do interior de células de diversos tecidos do nosso corpo, incluindo a pele. Por isso, ele tem capacidade de armazenar água. Portanto, a sua função nos cosméticos é de hidratação.

Apesar do nome ácido, é um ácido fraco, com o pH não tão mais baixo que o da nossa pele e, por isso, não é irritante.

 

2. E por ser ácido, é seguro usar na pele?

Sim, muito seguro! Como dito acima, o ácido hialurônico é uma substância que é produzida naturalmente pelo nosso corpo e que não tem o seu pH tão mais baixo que o da pele. Os ácidos que requerem mais cuidado são aqueles que tem o pH beeem baixo. Não é o caso do ácido hialurônico! 

Diversos ácidos estão presentes no nosso dia a dia e, às vezes, nem notamos. Mas pense, por exemplo, que a vitamina C presente em suplementos é o ácido ascórbico! Shampoos, condicionadores e até alimentos usam também o ácido cítrico como um conservante de origem natural e seguro para a ingestão e para a aplicação tópica! E até alguns remédios que ingerimos são ácidos, como o ácido acetilsalícico para dor de cabeça. 

Na produção de cosméticos, a diferença de pH entre o ácido hialurônica e a pele é balanceada com outros ingredientes. Dessa forma, os produtos que levam esse ingrediente são muito hidratantes e não são nada abrasivos, não irritam a pele, não causam nenhuma descamação e nem são fotossensibilizantes, ou seja, é possível usá-los até mesmo de dia, sem problema com a exposição ao sol!

 

3. Minha pele é oleosa/madura/acneica/etc... Posso usá-lo?

O ácido hialurônico é um hidratante muito poderoso. Isso significa que ele ajuda a pele a reter a água dentro das suas células por mais tempo e, consequentemente, isso é excelente para evitar o aparecimento de linhas finas, dar um up na produção de colágeno e na firmeza, deixar a pele mais macia e lisa... 

Portanto, já de cara deu para entender que ele é o amor da vida das peles secas e normais, né?

A nossa produção natural do ácido hialurônico começa a decair após os 25 anos de idade e vai ficando menor a cada ano. Portanto, ele também é muito indicado para as peles mais maduras, sim!

Já se o seu receio é que a pele produza mais oleosidade, não precisa se preocupar: o ácido hialurônico é leve, facilmente absorvida, não é comedogênico, ou seja, não obstrui os poros e pode ser usado em conjunto com outros produtos para o controle da oleosidade, como o ácido salícilico.

A pele oleosa e acneica também deve ser hidratada para que possa receber melhor os ativos das demais etapas de cuidados com a pele!

 

4. E como posso usar na pele?

Como falamos acima, a produção do ácido hialurônico pela pele começa a diminuir a partir dos 25 anos. Portanto, se você tiver menos de 25 anos, pode usar uma quantidade pequena para manter a hidratação superficial. A partir dos 25 anos, é recomendado ir aumentando conforme sua idade para repor essa produção. 

Então, vamos às sugestões de como inclui-lo no sua rotina!

 

Até os 25 anos

Usar uma máscara hidratante com o ingrediente, como a Máscara Peel Off Glamgirl semanalmente, complementando uma rotina diária feita de acordo com o seu tipo de pele. 

Leia também: como usar corretamente o protetor solar!

 

Dos 25 aos 35 anos

Agora, é bacana substituir um ou mais itens da sua rotina por itens que tenham esse ingrediente na sua rotina de cuidados com a pele. 

Se sua pele é seca, você pode incluir um sabonete com o ácido hialurônico, como o Sabonete Facial Glamgirl para evitar que a limpeza faça com quem a pele fique "repuxando" e um sérum ou essência facial, como o Sérum Facial Glamgirl, que tem 2% de ácido hialurônico em sua composição para dedicar uma etapa a uma hidratação mais profunda. 

Se sua pele é mista ou oleosa, você pode escolher um hidratante com o ingrediente, como o Gel Hidratante Facial Glamgirl, que tem também vitamina C e toque bem sequinho

 

Dos 35 em diante 

Agora é hora de intensificar ainda mais a hidratação e os cuidados com linhas finas e a firmeza.

Você pode escolher produtos que combinem o ácido hialurônico e outros ingredientes para as diversas, como as mencionadas anterior e ampliar mais uma etapa apenas para os olhos com um produto mais suave para essa região, como o Gel Hidratante Glamgirl Antiolheira.

 

Para todas as peles

Uma boa ideia é também usar itens de maquiagem que tenham o ingrediente. Assim, elas ajudam a promover uma hidratação durante todo o tempo de uso! Uma boa opção é o Primer HD Mia Make e também o Corretivo Líquido Poá is Beauty!

 

5. É verdade que o ácido hialurônico também é bom para o cabelo?

Sim! Da mesma forma que o ácido hialurônico é bom para a pele por reter água, no cabelo, cumpre a mesma função. Dessa forma, ela é muito indicada para cabelos de todos os tipos e curvaturas, mas especialmente para quem está com os fios ressecados e danificados, ainda mais após procedimentos químicos e uso de fontes de calor. 

Se os seus cabelos estão levemente ressecados, você pode manter o seu shampoo como de costume, adicionar uma máscara e prosseguir para o uso do condicionador que já usa também.

Se estiver muito ressecado, opte por um shampoo mais hidratante, em seguida, aplique a máscara com o ácido hialurônico, como a Máscara Beautech Salva Cabelo, com ácido hialurônico, rícino e proteínas vegetais e para finalizar, escolha um condicionador que também tenha o ácido hialurônico, como o Condicionador Vegan Co. Reconstrutor Ácido Hialurônico

 

Se você curte ficar por dentro de todas as novidades em cosméticos, assine a Glambox e receba todos os meses uma caixinha que é a sua cara em casa!

Além disso, você também tem descontos exclusivos e frete grátis em na Glamshop e muitos outros benefícios!

 

 


Artigos Relacionados: