Cabelo colorido: tudo o que você precisa saber

Uma das coisas que mais vem crescendo durante a quarentena é a vontade de mudança, principalmente de ter o cabelo colorido, né? Vem que entregamos dicas e inspirações para passar pelo processo sem que você se arrependa depois!

cabelo-colorido-3

 

Quem tem acompanhado as redes sociais nesse período de quarentena já deve ter percebido que a mudança de cabelo é um dos tópicos mais falados por aí, certo? Seja para fazer a Britney 2007 e raspar a cabeça, ou para colorir o cabelo, testar as novidades é uma das coisas que mais vemos por aí nos últimos dias.

Mas, mexer com o cabelo vai interferir diretamente na nossa autoestima, então mesmo estando de quarentena e não encontrando com ninguém fora do nosso convívio, é bom pensar duas vezes antes de ir para uma mudança como essa. Para quem está com medo de arriscar, pode começar com algumas mechas no cabelo e depois aumentar se gostar do resultado. E, se não gostar, só pintar de novo para voltar para uma cor próxima do seu natural. não é mesmo?

E por que queremos tanto fazer essa mudança principalmente agora que estamos em quarentena? Isso pode ser um jeito de você lidar não só com o tédio de não fazer todas as coisas que fazia antes, mas também de ser uma resposta interna de desejo de mudança para lidar com tudo isso. E nada melhor do que esse momento para experimentar, né?

Vem ver as dicas que separamos aqui para você começar essa mudança agora mesmo!

Quem já fez

Inspiração nunca é demais, ainda mais quando são umas maravilhosas como as das cebels que vemos por aí. As últimas que encararam a onda dos cabelos pintados foram Bella Hadid e Hilary Duff, mas a lista também conta com Lottie Moss, Ireland Baldwin, Elle Fanning, Jennifer Love-Hewitt, Ricky Martin e até Maísa por alguns momentos! O rosa foi o tom mais escolhido para encarar a mudança (afinal, quem nunca quis ter o cabelo rosa?), mas tem gente que arriscou no azul e até no roxo a la unicórnio.

cabelo-colorido-7

 Foto: @hilaryduff | @ricky_martin

cabelo-colorido-8

Foto: @jenniferlovehewitt | @bellahadidtiktok

cabelo-colorido-6

Foto: @lottiemossxo | @irelandbasingerbaldwin

cabelo-colorido-9

Foto: @ellefanning | @maisa

 

Teve quem também foi na contramão e decidiu usar esse tempo em casa para assumir as madeixas naturais, como Kylie Jenner.

cabelo-colorido-10

Foto: @kyliejenner

 

Fazer em casa é recomendável?

É recomendável se você já teve alguma experiência com isso ou pesquisou bastante sobre para minimizar os erros, caso ocorra algum. Se tiver alguém para fazer com você melhor, já que pintar a parte de trás do cabelo sozinha pode ser um pouco puxado, né? O ideal é começar com um tonalizante que pode sair em poucas lavagens e, caso o resultado seja incrível (e será!), você passa para a tintura permanente depois.

Como fazer

cabelo-colorido-5

Ao comprar o produto, é sempre importante ler as indicações que a embalagem passa, como se fosse um manual de instruções mesmo. Lá, você verá quanto tempo precisa deixar o produto no cabelo e como misturar, seja com OX ou outra coisa relativa. 

E antes de tudo: faça o teste de mecha! Assim você descobre se seu cabelo consegue lidar com o impacto da tinta sem que danifique muito ou chegue até a cair.

O melhor jeito de começar é separando o cabelo em mechas, geralmente em 4 partes como quando vamos secar o cabelo, começando a aplicar a tinta nas mechas de baixo e depois subindo. Em quanto mais mechas você separar, melhor. Assim, as chances dos seus fios não absorverem a tinta é mínima.

Dica 1: se comprou uma tinta cor fantasia e quer uma tonalidade mais clara do que a do potinho, é só misturar com um creme branco (aqueles para hidratar o cabelo mesmo, sabe?) que não tenha óleo na formulação que é sucesso.

Dica 2: Se for aplicar a tinta com as mãos, lembre-se sempre de espalhar ao máximo com os dedos entre e em cima das mechas, como se estivesse enluvando os fios. Assim, você economiza tinta e garante ainda mais a absorção do produto. 

Como escolher a cor certa

cabelo-colorido-2

 

Não existe aquilo de que quem tem a pele X não pode pintar da cor Y e por aí vai, viu? O melhor é escolher a cor que mais combina com sua personalidade e estilo, além de ser aquela tonalidade que você ama! 

Pode ser que algumas cores no seu cabelo te deixem com um ar mais apagado ou mais alegre, tudo vai da questão dos contrastes e de testar qual fica melhor para você. E se você amar a cor mas sentir que isso aconteceu mesmo assim, nada que uma make e uma produção mara não ajudem!

Se quiser fazer uma combinação de cores, o jeito mais fácil de encontrar o combo do sucesso é seguindo o círculo cromático. Lá, você pode ver quais cores combinam melhor entre si, seja indo pela regra das análogas ou das opostas.

Henna x Tintura permanente x Tonalizante

cabelo-colorido-4

 

Quando a gente entra na loja ou no site e vê aquela infinidade de cores e tipos de tintura, o coração chega a errar as batidas, né? Mas decidir qual o melhor tipo de tinta para você é simples. Primeiro, você precisa decidir se quer algo permanente ou só testar por um tempo. Decidido isso, vamos lá:

A henna é um processo de coloração mais natural, principalmente indicado para cobrir os fios sem agredir e ainda entregar uma hidratação ao mesmo tempo que colore. Porém, depois de feita a aplicação, a tinta não sai dos fios e não tem o perigo de desbotar, apenas cortando ou pintando de novo. Por isso, esse é um processo indicado para quem quer fazer aquela mudança duradoura e não pensa em trocar tão cedo.

A tintura permanente é algo semelhante a henna na questão de não sair dos fios, porém por conter substâncias químicas em sua formulação para nos entregar um resultado e uma gama maior de cores, acaba agredindo mais os fios e desbotando ao longo do tempo, até chegar no fundo da cor que a tinta proporciona. Pode ser uma alternativa se você não quer algo tão permanente quanto a henna, mas que dure mais que um tonalizante.

Por fim, o tonalizante é o mais indicado para se aventurar nessa saga dos cabelos coloridos. Por ser algo mais breve que utilizamos só uma vez ou outra, ele agride menos os fios e pode até hidratá-los dependendo da formulação. Por sair em algumas lavagens, ele também consegue entregar cores incríveis para nossos cabelos que a gente nem imagina, os tão sonhados tons fantasias.

Sabe onde você pode começar a sua busca por produtinhos? Na Glamshop!

Quando não fazer

Você fez o teste de mecha e seu cabelo não reagiu bem? Pode parar por aí então, pois seu cabelo não está preparado para receber esse procedimento. Isso ocorre geralmente quando queremos pintar depois de ter já feito um procedimento químico nos fios ou quando eles estão muito fragilizados e precisam daquela recuperada. 

Mas, calma que tudo tem solução: você ainda pode pintar o cabelo, só que depois de um tempo e depois de ter cuidado muito bem dele para que os fios voltem fortes e restabelecidos. Faça um tratamento potencializado durante um mês e depois volte a fazer o teste de mecha novamente que você já verá a diferença.

Como cuidar depois para que o cabelo continue saudável

cabelo-colorido-1

 

O cabelo sofrerá uma mudança com esse processo e, por isso, precisará de um cuidado redobrado depois. O mais indicado nesse momento é investir no cronograma capilar, que te dará um tratamento completo para os fios e a recuperação vai ser mais rápida e fácil do que você imagina. Se você não sabe como fazer, fica tranquila que te explicamos tudo nessa MAG!

E se você não sabe onde encontrar os produtos para esse momento, a Glamshop é o local mais indicado, já que além de entregar descontos de até 70% OFF em alguns itens, entrega tudo para você experimentar no conforto de casa. Vem cá escolher e atualizar sua prateleira de beleza já!

 

 


Artigos Relacionados:

Artigo não encontrado!