x

Justin Timberlake decepciona no SuperBowl Hits, muita dança e méh

 

(Foto: Fox News)

 

Não está nada fácil ser Justin Timberlake em 2018. As críticas sobre sua apresentação no horário mais nobre da tevê americana não foram nada favoráveis. Nesta terceira vez no SuperBowl evitou grandes polêmicas, encaixou todos seus hits, mas não empolgou o estádio, muito menos o público que viu de casa.

É verdade que não faltou nenhum daquelas faixas fundamentais. Justin soube passear bem na sua carreira e escolher as músicas que tiveram maior impacto em cada uma de suas Eras. Só para citar algumas, tivemos “Suit & Tie”, “Mirrors”, “Like a Love You”, “SexyBack” e a super aproveitada “Cry Me a River” - que lhe concedeu notoriedade na carreira pós-N’Sync.  

A oportunidade de estar novamente no intervalo da final da NFL não poderia ter vindo em melhor hora. Coincidiu com seu novo lançamento, o álbum “Man of The Woods”. Na teoria, seria a promoção perfeita. Mas a crítica especializada classificou este álbum como o mais fraco de sua carreira e nenhum dos três singles lançados teve o desempenho aguardado.

Na primeira vez que participou do SuperBowl, Justin estava com os companheiros de N’Sync, Aerosmith e Britney Spears. Na segunda, a grande polêmica: foi convidado por Janet Jackson. E aí, você se lembra… ele arrancou um pedaço da roupa de Janet e o seio da cantora ficou à mostra. Apesar de ambos terem combinado o gran finale, devido à grande repercussão negativa, somente Janet sentiu os efeitos colaterais. Desde lá, Janet foi praticamente banida da tevê americana. E também a partir desta polêmica, todas apresentações ao vivo são exibidas na televisão americana com um delay de alguns segundos.

Depois de vermos Madonna carregada como uma Rainha, Lady GaGa descendo do teto do estádio e Katy Perry montada num tigre gigante, Justin Timberlake foi básico demais. Começou num ambiente fechado, embaixo do estádio. E terminou a apresentação também sem impactos. Tudo muito bom, cantando de vez em quando, dançando muito e méh. Prince projetado num lençol, contrariando as falas do cara quando era vivo. Acabou. Foi isso.

“Men need to step up their game”, não é!?  

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.