x

A Cura de Lady GaGa Como a cantora virou o jogo e voltou ao #1 das paradas

 

(Foto: Yahoo)

 

Lady GaGa precisou só de dois dias para alcançar o topo do Itunes americano. “The Cure”, executada pela primeira vez no Coachella caiu no gosto da fanbase e do público que consome música pop no geral. Seria esta a melhor fase de Stefani Germanotta?

GaGa passou por altos e baixos durante a carreira. Após o estrondoso sucesso de “The Fame Monster”, lançou “Born This Way” que foi bem aceito com sua faixa-título. Dali em diante, a imagem desgastou e o público já não se surpreendia com seus figurinos ousados. Com o insucesso do ARTPOP, GaGa fez uma verdadeira limpeza imagética e sonora; “Cheek to Cheek”, seu álbum jazz com Tony Bennett rendeu boas críticas e foi um sopro de frescor. Vocais belíssimos e clássicos do gênero lhe caíram melhor do que qualquer vestidinho de carne.

A Era “Joanne” certamente foi bem melhor aceita. Apesar de encontrar um novo alter-ego, o tom country no figurino e no conceito do álbum fez sucesso entre os fãs, que a colocaram em primeiro lugar na semana de estreia. Mas sabemos bem que hoje em dia, não é suficiente.

A grande virada começou no HalfTime do SuperBowl deste ano. Com um show solo, cheio de hits dos seus melhores anos, GaGa recapturou a atenção do mercado americano. 

 


A Joanne Tour está vendendo bem e estará no Brasil em setembro, como headliner da primeira noite de Rock In Rio. Mas o verdadeiro gostinho do que estará nesta nova turnê foi vista no Coachella, no último final de semana.

“The Cure” foi lançada à parte do seu atual álbum de trabalho. Chame-o de single promocional ou desconfie de um lançamento de EP mais pop ainda neste 2017. A faixa contém a mesma sonoridade de “Purpose”, “Revival” e “Glory”, mas não podemos esquecer que tem um quê do seu próprio “The Fame”. Genérica e up-to-date, “The Cure” precisou de apenas algumas horas para conseguir desempenho melhor do que seus últimos lançamentos.

Com o remake de “Nasce uma Estrela” - originalmente estrelado por Judy Garland - a cantora fará sua estreia no cinema ao lado de Bradley Cooper. Dona de um Globo de Ouro por sua atuação em “American Horror Story”, GaGa tem muito mais para conquistar num futuro próximo. Versátil e interessante, a Mother Monster está pronta para dominar todas as mídias.


Nathalia Ferrari

Nathalia Ferrari é jornalista e fã da cultura pop; venera Madonna e Britney acima de todas as coisas. Apesar de nascida nos anos 90, não foi angeliquete, nem chiquitita. Superou essas e outras dificuldades. Viciada em maquiagem e chocolate. Sabe explicar a regra do impedimento e a linhagem Kardashian.

 

Artigos Relacionados:

Uma experiência única que você nunca irá esquecer

Cumprindo metas e (não) comemorando vitórias.

Os melhores momentos do nosso ator favorito

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.