x
x

Partiu Paraty Dicas que quem caiu na estrada depois de muitos anos

 

É claro que de vez em (sempre) temos dificuldades de arrumar a mala, escolher os passeios e fazer cronogramas. Finalmente depois de anos consegui marcar uma viagem e desta vez acabei decidindo que iria fazer diferente, sem pressa e tudo mais programadinho (o que é bem difícil para quem corre horrores e ainda atrasou a entrega desse post hahaha). Fui para Paraty no Rio de Janeiro, cidade histórica e que possui muitas coisas para serem descobertas, impossível não se apaixonar.

Ai vai algumas dicas que me ajudaram horrores nesta viagem:

 

1- Planeje

Pesquisei muito em blogs de viagem os melhores passeios, valores e restaurantes baratos, porque viagem com dinheiro contado requer um cuidado maior, não é mesmo? Vários blogs retrataram passeios parecidos o que me fazia ter certeza que eram "passeios de lei" na cidade. Achei a cidade um pouco carinha para comer e ter pesquisado lugares baratos fez muita diferença porque se tivéssemos comido no primeiro restaurante que tinha no centro histórico nosso money iria acabar bem antes.

 

 

2- Locomoção

Como fomos de ônibus para o destino, estávamos sem carro para locomoção na cidade, logo pesquisei os transportes disponíveis na cidade. Em Paraty não existe Uber (você pode saber quais as cidades que possuem o serviço do aplicativo pelo site. O taxi na região possui preço fixo de 25 reais para qualquer canto da cidade. Logo, andamos a pé os seis dias, como a pousada era a 100 metros do centro histórico ficou fácil fácil.

 

 

3- Tempo

Chove em Paraty TODOS OS DIAS em janeiro e descobri isso porque pesquisei, levei um guarda-chuva na mala que foi utilizado todos os dias da viagem. Levei sapatos adequados esperando sol, chuva e frio. Tênis, havaianas e a Melissa Flox salvaram minha vida.

 

 

 4- Modelitos

Como estava no Rio, mais da metade da minha mala era com roupas de calor, por motivos óbvios, mas confesso que levei poucas roupas. Trocava pelo menos duas vezes por dia de modelito, incluindo a parte de baixo dos looks. Lavei roupa na pousada mesmo :P E é isso ai.

 

 

5- Carregador portátil

Vocês acham mesmo que eu ia deixar de postar fotos e videos? NEVER. Como passei o dia todo fora da pousada seria impossível carregar meu celular e o powerbank da We Stuff salvou minha vida! Carregava o celular em torno de três vezes e noite quando eu chegava na pousada era só carregar. Mais pratico não existe né non?

 

 

 

Espero que tenham gostado das dicas que me salvaram em Paraty. Qual será meu próximo destino? :P

 

 


BAÁRBARA MARTINEZ

Isso mesmo, Baárbara, com dois ''as'' mesmo (Viva a numerologia!). 19 anos. Taurina com ascendente em Câncer e lua em Áries. Completamente apaixonada por São Paulo, Música, Cinema, Fotografia, Moda, Beleza, Redes Sociais, Coisas místicas e fã das voltas que o mundo dá. Ahhh, e dona do blog Barbaridades :}

 

Artigos Relacionados:

Uma experiência única que você nunca irá esquecer

Cumprindo metas e (não) comemorando vitórias.

Os melhores momentos do nosso ator favorito

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.